Sobre Nós...

Investimos em inovação e na qualidade da sua rede, serviços e do seu atendimento, com foco na missão de conectar e cuidar de cada cliente para que todos possam fazer mais.

Blog

A empresa Google Inc. foi fundada nos EUA em 1998 por Larry Page e Sergey Brin, mas sua história começa muito antes.

Contato

Em fevereiro de 1999, o escritório do Google se mudou da garagem de Susan Wojcicki para uma avenida em Palo Alto com apenas oito funcionários.

  • Posts Recentes

Acessório do Google promete ajudar a combater vício em celular

Na última semana de janeiro, o Google lançou um curioso acessório que tem como premissa, desestimular o uso do celular. 

Trata-se de um envelope de papel, que com a ajuda de um aplicativo, limita as funcionalidades do aparelho e tem intuito de minimizar o vício em celular.

Nesses casos, o smartphone só faz chamadas comuns, usa a câmera para fotos ou vídeos, e o que mais cada um quiser limitar, de acordo com os modelos escolhidos.

O produto é grátis e funciona no estilo DIY (Do ir Yorself – ou faça você mesmo), e o usuário só precisa fazer o download de um PDF online, e montar o envelope manualmente, depois instalar o app para começar a usar.

vício em celular
Fonte: https://www.tecmundo.com.br/produto/149569-google-apresenta-envelope-combater-vicio-celulares.htm

Para aproveitar seu smartphone ao máximo onde e quando quiser, você precisará de um plano de celular com velocidade e capacidade! Conheça o Maistim.com.br e contrate planos agora mesmo!

Qual a ideia por trás disso

A ideia por trás de tudo está em torno de minimizar o vício em celular, tornando-o menos atrativo. 

Com isso, reduz o número de horas gastas com seu uso. Segundo um levantamento de dados, e monitoramento feito com o aplicativo Annie, o Brasil é o terceiro país que mais passatempo em apps. Com uma média de 45 minutos pode dia.

Como funciona?

Inicialmente se deve encaixar o smartphone no envelope, e com isso, o aparelho passa a permitir apenas ligações, e o usuário tem então à mão, apenas um teclado numérico que fica desenhado em um dos lados do papel.

Estas teclas permitem o uso de ligações para números de discagem rápida ou conhecidos, e para realizar a chamada, basta digitar o número, igual nos telefones antigos e depois clicar em chamar.

O acessório também permite que o usuário tenha acesso ao relógio, já que a tela se ilumina e os números das horas podem ser vistos através do papel.

Para usar a câmera

Já para usar a câmera, o envelope traz no seu desenho, alguns furos, para se recortar e deixar a câmera de fora, junto do flash do celular, somente na parte de trás. Assim, mesmo para quem tem o vício em celular e gosta de tirar fotos e fazer vídeos, ainda consegue.

Apesar de parecer bobo, o acessório é tão sério, que ele é de uso único. Isso significa que para voltar a usar o aparelho, é preciso rasgar o envelope, e inutilizá-lo para tirar o celular de dentro. 

E para o caso de o vício em celular querer ser cessado novamente, é preciso fazer outro envelope.

Tanto o aplicativo quando os envelopes, são compatíveis apenas com um tipo de smartphone, que é o Pixel 3A, inclusive que ainda não foi lançado no Brasil. O download do PDF pode ser encontrado e baixado na Github.

O transtorno do vício em celular

A era da informática nos mostra o quão cercado de informações estamos, com acessibilidade fácil e rápida, livres, e sem que possamos ter muito controle sobre isso. 

O vício em celular se tornou algo doentio, muitas pessoas, passaram a ter problemas sérios e dificuldades depois do surgimento da internet.

Segundo um estudo recente da Universidade La Salle, dos Estados Unidos O vício em celular afeta mais de 50 milhões de pessoas ao redor do mundo. 

No Brasil, são cerca de 4,3 milhões de pessoas que sofrem com essa dependência, e os números tendem a crescer.

Devido a facilidade de acesso à web, e o desenvolvimento de novas tecnologias, é válido mencionar o quão esse transtorno relacionado a celulares, pode ser prejudicial à saúde.

As pessoas ficam angustiadas sem o uso do aparelho, e muitas vezes esse transtorno pode estar associado ao fato de falar com outras pessoas a todo momento e considerar o celular como um item de segurança e isso desperta ainda mais o vício em celular.

vício em celular
Fonte:https://www.otempo.com.br/interessa/vicio-em-celular-e-semelhante-a-crack-ou-heroina-afirma-autor-1.1611367

Quem está mais propenso?

O vício em celular pode ser mais perigoso para as crianças e adolescentes, que são mais vulneráveis a esse tipo de dependência. Sem contar que o vício em celular atrapalha a vida familiar e profissional de qualquer pessoa.

A internet proporciona um prazer imediato, satisfação, seja por um vídeo, ou principalmente pelos jogos online que tiram as pessoas da sua realidade. 

Isso porque o indivíduo vivencia uma série de experiências que são agradáveis para ele, se abstrai do tempo e tudo isso num clique.

Quais as consequências?

As consequências desse transtorno de vício em celular fazem com que a pessoa passe a perder cada vez mais o interesse na vida real, e tudo se resume ao uso da internet. Com isso vem o isolamento emocional e a falta de contato interpessoal.

Para quem usa a internet ou o celular o tempo todo no trabalho, deve ficar ainda mais atento para essa doença. 

Ao começar a ficar incomodado ou agitado com a falta do celular, se isso estiver causando algum tipo de sofrimento, busque ajuda. Seja responsável, pois esse pode ser sinal de dependência que pode se tratada com ajuda de um profissional da área.